Museu da Ci�ncia - Universidade de Coimbra
Exposição Temporária

17 de Setembro
a 18 de Dezembro, 2016

Aquedutos de Portugal

Os aquedutos, elementos essenciais dos tradicionais sistemas de abastecimento de água, constituem obras de engenharia espetaculares e monumentos industriais de grande valor histórico e cultural. Até ao advento do sistema domiciliário de água (a partir de meados do século XIX), era através dos aquedutos que a água chegava a conventos e outras instituições, bem como às fontes e fontanários onde as populações recolhiam o precioso líquido, indispensável à vida. Após anos de investigação sobre os aquedutos portugueses e da publicação de trabalhos como Aquedutos de Portugal – Arte e Património, Pedro Inácio expõe agora excelentes testemunhos fotográficos. Deste modo, contribui para um melhor conhecimento e preservação deste tipo de património cultural da água, merecedor da maior atenção no âmbito do turismo cultural, em fase de nítido desenvolvimento.

O Aqueduto de S. Sebastião em Coimbra tem este nome porque, no final do século XVI, um antigo aqueduto romano que forneceu a maior parte da cidade foi reconstruído, durante o reinado de D. Sebastião. Trabalhos arqueológicos realizados durante o século XXI perto do Laboratorio Chimico, onde o Museu da Ciência da UC está localizado, revelaram uma grande cisterna, certamente fornecida pelo Aqueduto de S. Sebastião, que serviria para fornecer água para o complexo jesuíta ali instalado antes da Reforma da UC pelo Marquês de Pombal. É neste mesmo local, no passado abastecido pelo Aqueduto de S. Sebastião, que vamos aprender mais sobre estas construções magníficas, com a exposição Aquedutos de Portugal.

MAIS INFORMAÇÕES

Preçário geral do museu